quinta-feira, 27 de maio de 2010

Merrian/Kerrian - "Sombrios" - Marjory Tolentino





“—Procurei por você em anos e nunca antes fui capaz de encontrar. Tive medo e alienei. Tive coragem e dispersei.” – Kerrian

“—Penso diferente de antes. Como alguém que tem os sentidos aguçados ao extremo. Sinto com tanta intensidade que somente vivendo além seria possível.” – Merrian

“—Crê que a uso como já o fiz com tantas outras que se acercaram de mim?Está enganada... Você é diferente! Sinto-a com mais força. Algo que até então me era desconhecido." – Merrian

 “—Como um animal, deixo meus instintos aflorarem. Não tenho medo de viver aquilo que todos fingem ser grotesco ou impuro. O meu toque arrepia a alma de quem o sente, seja por prazer ou por medo e não me importo com o que provoco. O que pensam, ou o que querem é mero detalhe." – Merrian

“—Sei aquilo que sinto, aquilo que penso e aquilo que quero. E sim, isto me basta! Vivo por mim mesmo e que isto signifique viver por você. Satisfaça-se com isso. Pois não consigo mais afastá-la. Não quero mais afastá-la. E não se iluda... Não tenho a mínima intenção de mudar.” – Merrian

“—Não olhe para mim desse jeito! Jamais pense que não a amo. Você é tudo o que mais quero. Necessito de ti mais do que pode supor. Dependo de você mais que de mim mesmo. Sua vida me dá forças para continuar vivo.” – Kerrian

“—Em todos esses anos aprendi a refinar meu paladar. O sabor da vida é diferente à superfície da língua. Saboreio apenas o que me atrai. Então... Não me culpe. Você me atraiu. Você é a única culpada da sua desgraça. Não se engane quanto a isso. Usarei de você diferentemente. Isso é claro! Não passa pela minha mente nem por um único instante a ideia de perdê-la.” – Kerrian

“—Saborearei você vívida, lúcida... Em minhas papilas gustativas será mais doce que qualquer outra. Descerá mais suave por minha garganta. Entrarei em suas entranhas marcando cada centímetro do seu ser como minha propriedade.” – Merrian

“—Mesmo que seja amarga como o fel... quando terminar... Mesmo assim, serei o mais completo entre todos. Simplesmente por ter um pouco de você em mim.” – Merrian

domingo, 2 de maio de 2010

Sem você - Marjory Tolentino


 
Por pensar em instantes, não lembrei de mim.
Por não lembrar-me de mim, me doei a você.
Seu choro e a dor da minha alma
Seu sofrimento é a angustia do meu mundo.
Sem seu olhar morro.
Sem você não existo.
Porque você é uma parte do meu corpo.
Um órgão...
Porque você é vital em mim.
Minha alma...
Por você eu mataria.
Por você eu morreria.
E se me negassem a existência mútua contigo.
Eu me negaria existir...

Marjory Tolentino

Pesquisar neste Blog